Um giro rápido por Atlanta

Este ano começou muito bem, pois tirei longas e merecidas férias. O destino principal foi Orlando ( aguardem os posts que virão por aí), mas fizemos uma parada estratégica por Atlanta pois queríamos conhecer o maior Aquário do Mundo, o Georgia Aquarium.  Pegamos um voo pela Delta Airlines, que sempre faz uma escala em Atlanta, e aproveitamos para ficar 2 dias na cidade para conhecermos as atrações. Não é a primeira vez que fazemos isso. Você precisa pagar um pequeno adicional na passagem para fazer esta parada, mas vale a pena quando você quer fazer um giro rápido pela cidade.

As principais atrações turísticas da cidade ficam bem perto uma da outra, o que facilitou o nosso passeio. Escolhemos um Hotel perto deste centro turístico e acabamos fazendo tudo a pé. Ficamos no Hyatt Regency Atlanta, mas a região é cheia de hotéis.

A cidade dispõe CityPass que acaba sendo a opção mais econômica para aqueles que pretendem conhecer mais de três atrações turísticas. O passe pode ser comprado na bilheteria de qualquer uma das atrações incluídas no programa ou pela internet.

A visita começou pelo Centennial Olympic Park, inaugurado na ocasião dos Jogos Olímpicos de 1996, foi elaborado para ser uma área de lazer para os moradores da cidade. O parque  tem aproximadamente 85 mil metros quadrados e fica aberto diariamente com entrada gratuita. São vários pontos com esculturas e monumentos que remetem aos Jogos Olímpicos, como a estátua do Barão de Coubertin e um monumento em homenagem aos medalhistas com blocos de granitos com o nome de todos eles gravados. Uma boa diversão para as crianças é ficar procurando o nome dos brasileiros que ganharam medalhas naquele ano.

Mas, o ponto alto do parque é a fonte dos anéis olímpicos. Adultos e crianças se divertem com o show das águas e interagem com a fonte pulando para dentro dos anéis enquanto  as águas são ritmicamente desligadas e ligadas. O desafio é participar da brincadeira e não sair molhado. Tarefa para poucos.

O parque é um grande ponto de encontro da cidade e abriga uma vasta programação cultural e esportiva, com concertos e festivais durante todo o ano. Pegamos o parque ainda com a decoração de Natal e com um rinque de patinação aberto durante todo o dia.

Algumas das principais atrações da cidade ficam ao redor deste parque. O World of Coca-cola, o Georgia Aquarium e a sede da CNN. O refrigerante mais famoso do mundo foi criado em Atlanta, em 1886, pelo farmacêutico John Pemberton, devidamente homenageado com uma estátua localizada em uma praça batizada com seu nome, onde fica o museu e o aquário.

O World of Coca-Cola é muito interessante mesmo para quem não é devoto da bebida gasosa de fórmula secreta. O visitante vai conhecer detalhes da história do refrigerante, contada por obras de artes, propagandas, patrocínios de eventos (Jogos olímpicos)  e objetos inspirados pela marca.

Além disso, uma série de brincadeiras interativas  convida os visitantes a desvendar o segredo da fórmula da coca-cola, dentro de uma sala que representa o cofre que guarda este tesouro. O museu ainda tem um cinema 4D, uma demonstração sobre o processo de engarrafamento e uma sala onde é possível experimentar refrigerantes e bebidas regionais produzidas nos cinco continentes. Provamos várias coisas, da Inca Cola até refrigerantes africanos com misturas de frutas exóticas. Confesso que ficamos um pouco decepcionados em ver o Brasil representado  pelo Nestea Diet de Pêssego. Ficamos nos perguntando o que houve com o Guaraná Kuat???? Na saída, difícil é resistir a lojinha de souvenirs. Mas, quem está na chuva…

Deixamos para o dia seguinte o nossa atração principal. O Georgia Aquarium foi o causador desta parada, portanto mereceu uma atenção especial. O aquário é atualmente o maior do mundo, o único que tem 4 tubarões baleia em um tanque.

O local mantém além do tanque principal, com tubarões, raias mantas e grandes  peixes dos oceanos, um local reservado para animais de águas geladas ( pinguins e belugas), um show de golfinhos, filme 3D sobre o oceano, uma seção dedicada aos rios, aos mares tropicais e o Geórgia Explorer, onde onde os pequenos podem interagir com animais tocando em arraias, moluscos, tartarugas, etc. Tudo com voluntários á disposição para dar explicações sobre os animais e os habitats de cada espécie. Destaque para o local que exibe os pinguins. Você pode entrar engatinhando em um túnel de vidro para ver os animais bem de pertinho. As crianças adoram!

A visita é tão interessante e interativa que acabamos passando praticamente o dia inteiro no aquário. O passeio superou nossas expectativas. Só faltou mergulhar no tanque, o que é permitido uma vez ao dia para  felizardos dispostos a pagar US320,00 e que tem carteira de mergulho com tanque. O aquário oferece também interação com baleias belugas e programas de vistas para crianças aos bastidores na companhia de biólogos, atividade indicada para crianças que falam inglês fluente.  Ficamos sabendo no local, que há uma programação de pernoite no aquário, onde todos assistem palestras e no salão de observação do tanque principal.

O nosso giro pela cidade parou por aí. Mas existem outras atrações que devem ser bem interessantes como o Zoo de Atlanta (com um casal de Pandas), o Mudeu de História Natural de Fernbank, o High Museum of Art, visita aos bastidores da CNN além do memorial de Martin Luther King, nascido na cidade. Quem sabe em uma outra visita.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas de Viagem, EUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s